O P.e Júlio Augusto Massa, filho de Joaquim Maria Massa e de Loopoldina Amália Martins, nasceu em Freixo de Espada-à-Cinta, distrito de Bragança, em 11 de Maio de 1922.
Entrou no Seminário de S. José de Macau em 15 de Maio de 1935. Foi ordenado sacerdote em 1946. Logo após a ordenação foi nomeado professor de Filosofia do Seminário e do Liceu. Em 1948, foi secretário da Sta. Casa da Misericórdia.
Quatro anos depois, partiu para a Europa a fim de continuar os estudos. Esteve em Roma, Madrid e Salamanca onde defendeu tese de doutoramento em Filosofia e se graduou em Ciências Sociais.
De regresso a Macau, passou a leccionar Filosofia e Latim no Seminário Diocesano. Em l de Janeiro de 1957 foi nomeado director do «Boletim Eclesiástico de Diocese de Macau», cargo que exerceu durante cinco anos.
Durante os anos de 1960, 61 e 62 foi Provedor da Santa Casa da Misericórdia. Em 1964 foi nomeado Procurador à Câmara Corporativa, tendo deixado este lugar 5 anos depois. Em 1962 e 1964 foi nomeado Governador do Bispado durante a ausência do Prelado, que se deslocou a Roma para tomar parte no Concílio Ecuménico Vaticano II.
Exerceu ainda o cargo de Assistente Eclesiástico da Mocidade Portuguesa Masculina e professor de Moral no Liceu Nacional Infante D. Henrique e o de professor contratado no mesmo Liceu, durante o ano lectivo de 1974-1975.
Interinamente exerceu os cargos de director do «O Clarim» (1948) e vogal representante da Diocese na Assistência Pública.
Faleceu em Portugal já nada década de 1990.
Anúncios