>

O cruzador “República” na China em 1925, 1926 e 1927 : subsídios para a história da guerra civil da China e dos conflitos com as potências. Lisboa : Imprensa da Armada, 1932, da autoria de Guilherme Ivens Ferraz.
Este livro é o relatório do comandante das forças navais portuguesas no Extremo Oriente, redigido na conclusão da missão de vigilância no teatro de operações da guerra civil chinesa 1925-27.
Contém: breve historial dos conflitos entre o Império Celeste e as potências europeias (e Japão); as perturbações de Maio e Junho de 1925 em Cantão contra as concessões ocidentais; viagem do “República” de Lisboa a Macau, com passagem por Singapura; aliança momentânea entre Chaing Kai-Shek e os bolchevistas; o governo “branco” do general Chen Kwing Ming em Cantão, próximo das potências europeias (Portugal e Grã-Bretanha); lutas entre senhores da guerra no norte e sul do país; as regiões ocupadas pelo Exército Vermelho; Kuomintang vence senhores da guerra; corpo expedicionário português em Xangai; vitória nacionalista sobre os comunistas.
Este cruzador acompanhou a primeira travessia aérea do Atlântic Sul feita por Gago Coutinho e Sacadura Cabral em 1922.
Anúncios