>

Três dos mais de 100 títulos da autoria do Monsenhor Manuel Teixeira

Monsenhor Manuel Teixeira (1912-2003) foi um famoso historiador português de Macau e um sacerdote católico. Viveu grande parte da sua vida em Macau e contribuiu bastante nas áreas de missionação, de educação e do estudo da história. Deixou uma grande quantidade de informação valiosa sobre a História daquela terra e sobre a História da Diocese de Macau. O seu trabalho e empenho foram reconhecidos pelas sociedades de Portugal e de Macau.

O Monsenhor Manuel Teixeira despediu-se de Macau em 2001, ao fim de 76 anos de vivência a Oriente. Viria a falecer aos 91 anos, em Chaves, na Casa de Santa Marta, o lar onde residia desde que regressou do Oriente.
Nascido em Freixo de Espada à Cinta, Manuel Teixeira passou 76 anos no Oriente, nomeadamente em Singapura e Macau. Com apenas 12 anos viajou para Macau, para aí estudar num seminário. Durante a sua estada no Oriente, monsenhor Manuel Teixeira escreveu 123 livros, tendo estudado sobretudo a história da diocese macaense. Entre as condecorações que recebeu, encontram-se a de Oficial da Ordem do Império, e as de Comendador da Ordem do Infante D. Henrique e da Ordem Militar de Santiago e Espada. Monsenhor Teixeira será também recordado pela sua figura exótica, com longas barbas brancas e batina também branca… e pelos longos passeios que fazia, nomeadamente atravessando a Ponte Nobre de Carvalho.
Anúncios