>

O objectivo da pesquisa e interpretação do tema das imprensas no Oriente tem como alvo principal o documentar uma acção que foi relevante, a partir do século XVI, para o diálogo entre asiáticos e europeus. A tipografia desempenhou um papel decisivo nesse diálogo, desde Goa a toda a Índia, passando pela antiga Ceilão, Malásia, China – através da porta de Macau -, Japão e outras regiões dos numerosos arquipélagos do Índico e do Pacífico. Trata-se de uma abordagem geral, sem entrar em pormenores eruditos, embora se destaque a participação de Macau, fulcro das missões religiosas, económicas, políticas e culturais de Portugal no Extremo Oriente.

“A Imprensa de Macau e as imprensas de língua portuguesa no Oriente”, de João Alves das Neves. Editado em 1999 pelo ICM.

Anúncios