>

A celebração de um ano de vida deste blog tem tido reflexos nos jornais publicados em Macau. Primeiro foi o “Jornal Tribuna de Macau” (JTM) num pequeno artigo de 3 de Março último, agora foi a vez do “Ponto Final”. Num artigo de duas páginas publicado na edição de 19 de Março, assinado por Hélder Beja, aborda-se a temática da blogosfera sobre o Território e o “Macau Antigo” não foi esquecido.
Eis alguns excertos…
“Quem se interessa e muito pelos costumes e histórias do território é João Botas. O Macau Antigo (http://macauantigo.blogspot.com) está a completar um ano de actividade e, conta o autor, “tem mais de 50 seguidores regulares e já foi visitado por mais de 100 mil vezes”. O jornalista, que viveu no território entre 1984 e 1991, fala com orgulho daquele que aponta como “provavelmente o maior acervo de textos e imagens da História de Macau disponível de forma gratuita na internet”. Botas gostava que o projecto ganhasse “outra dimensão” mas para isso precisaria de “apoio de instituições com responsabilidades na preservação da história de Macau. “Já enderecei diversos convites mas até agora nada”, lamenta.
Antigo aluno do Liceu de Macau e autor do livro “Liceu de Macua 1893-1999”, João Botas vive em Portugal mas está ligado a esta terra “pelos amigos, pelas memórias pessoais, pelos espaços”. O Macau antigo já publicou matéria sobre “quase 1500 assuntos” a que se juntam mais de cinco mil imagens. A História do território interessa a João Botas, que a vai estudando à distância. “Estar em Portugal tem-me dado a oportunidade de contactar com antigos residentes. E nesta altura estou especialmente interessado nos antigos militares”, revela. “Já fiz uma série de entrevistas com eles. Têm entre 60 e 90 anos.” Nestas pessoas, o jornalista encontra “histórias interessantíssimas que, mais dia menos dia, levariam com eles para o túmulo” mas que “merecem ser contadas”. Sobre o registo da memória do território, considera: “A história do século XX em Macau ainda está por fazer. Paradoxalmente, sabe-se muito mais dos séculos XVI a XIX.” (…)
João Botas diz que o seu Macau Antigo, “espécie de fiel depositário de informações”, terá “o papel que cada um dos leitores entender”. Enquanto existir Internet, prossegue o autor, os seus escritos e os muitos textos de outras pessoas que por ali publica “ficarão para as gerações futuras como uma marca de partilha”. (…)
“Seria hipócrita se respondesse que me é indiferente que visitem ou não o blogue. Mas isso não é o mais importante”, começa João Botas. O que o entusiasma de verdade “são os comentários que os leitores fazem, especialmente os que não concordam com este ou aquele detalhe”.

Mas as novidades não se ficam por aqui. Na próxima edição da “Revista Macau” o blog Macau Antigo será alvo de uma reportagem assinada pela jornalista Raquel Dias.

Reprodução da notícia do JTM:
O blog Macau Antigo, da autoria do jornalista João Botas, já recebeu quase cem mil visitantes. O blog – disponível no endereço http://macauantigo.blogspot.com/ – completa assim um ano de existência com uma média mensal de oito mil cibernautas que se mostraram curiosos sobre um espaço que, provavelmente, figura como o maior acervo documental sobre a História do território. Só imagens que retratam quase cinco séculos da história da presença portuguesa em Macau são mais de cinco mil. Para além das fotografias, o blog inclui centenas de documentos inéditos. Actualmente com mais de quatro dezenas de “seguidores” regulares, o blog Macau Antigo deixa assim o convite para uma viagem por lugares que atravessam gerações e continentes. Os interessados em fazer parte deste projecto poderão enviar o seu testemunho – sob a forma de texto ou imagem – para o endereço electrónico macauantigo@gmail.com.
Anúncios