>

Inauguração da Gruta de N. Srª de Fátima em Macau a 13 de Novembro de 1950
(já noutro post contei a história desta gruta pelo que recomendo uma pesquisa no blog)
Inicío aqui um conjunto de posts dedicado a mais um militar que prestou serviço em Macau entre 1949 e 1951, António de Matos Oliveira. Este testemunho só foi possível graças ao empenho da sua filha, Vitalina de Matos Oliveira, a quem agradeço. A viagem rumo a Macau começou no dia 15 de Julho de 1949. Foi nesse dia que partiu do cais de Santa Apolónia o paquete “Niassa” com destino a Macau.
“Meu pai nasceu numa aldeia do concelho de Tondela. Cedo deixou a escola e ainda menino foi trabalhar no campo. Em Macau concluiu a instrução primária. Até ao fim dos seus dias manteve uma caligrafia bonita e sem erros de que muito se orgulhava. Gostava de ler, era atento aos acontecimentos no Mundo, muito lúcido e bom conversador, apesar da sua ligeira gaguez. Terá sido o meu pai um dos alunos do senhor Marrucho*? Se foi teve um bom mestre, mas o aluno não o desiludiu.”
* referência a Luís Marrucho outro antigo militar sobre o qual tb já aqui coloquei um post.
Anúncios