>

“Panchong ou pauchong”.. isto é, estalo da Índia segundo dizia  Luís Gonzaga Gomes na Revista de Macau de 1949. A indústria do fabrico de panchões foi muito importante em Macau durante várias décadas. A primeira fábrica é de 1880. Em 1910 já existiam 7 fábricas em laboração. Em 1932 figurava entre as indústrias de maior produção em termos de valor cuja maioria servia para exportação. Nos anos 30/40 iniciou-se o declínio da actividade (em 1960 existiam apenas 10 fábricas) que viria a ‘morrer’ na década de 1990. Para a história ficam os incêndios e explosões que deixaram marcas na cidade e nas ilhas… ficam também algums edifícios das antigas fábricas que ainda hoje subsistem e que urge preservar.
PS: é de assinalar ainda neste período o fabrico de outros produtos na área da pirotecnia: pivetes e fósforos.
Anúncios