>

É um tema sobre o qual tenho colocados diversos post’s e que suscita muito interesse dos leitores. Respondendo aos que perguntaram onde ficava exactamente o cinema Roxy – a propósito de um post recente – a resposta obtida junto de duas pessoas (Diamantino Correia e António Cambeta) que o conheceram foi esta:
“O cinema Roxy ficava no Porto Interior na rua do Visconde Paço de Arcos. Isto é, tomando como referência o velho hotel Kuoc-Chai, ficaria 500/600 metros depois à direita, já bem perto da Rua do Guimarães.” Consultei o mapa da época e confirma-se as referências geográficas… mesmo sem GPS.
Acrescenta Cambeta que ainda se recorda que “havia também no Porto Interior o cinema Kam Seng que ficava na Rua Almirante Sérgio bem perto da Praça Ponte e Horta.”
Diamantino corrobora: “Conheci essa sala, não pelo cinema, mas sim por uns espectáculos tipo “strep-tease” que uma suposta companhia de Hong Kong ali realizava.” 
Li ainda há pouco tempo que uma outra sala de cinema do Território que ficou conhecida no final da década de 1920 foi a do então recém-inaugurado Hotel President (mais tarde Central como se vê na imagem). Tinha uma capacidade para 400 pessoas e, apesar de novinha em folha (ao que parece distinguia-se da concorrência por não ter ratazanas…) não rivalizava, por exemplo, com o Cinema Vitória, o melhor da época, apesar do menor asseio.

Pelo que se pode ler na imprensa da época o Vitória tinha umas grandes sucessos de Hollywood fruto de uma acordo com um distribuidor em Hong Kong enquanto o cinematógrafo do President passava mais documentários e ‘gazetas’ com imagens aéreas locais. Diamantino Correia, antigo militar em Macau, recorda que o Vitória “foi a única sala em Macau que passou filmes em 3D, tecnologia que agora está fazendo grande furor nomeadamente no campo da TV. Ali vi, além de outros, o inesquecível ‘Casa de Cera’ do grande artista do terror Vincent Price.”Mas também o Vitória iria ser transformado em “salão de dança e demais entretenimentos” no final da década de 1930 passando a chamar-se Palácio da Fortuna. Mas essa história fica para depois…

Anúncios