>

O Seminário tinha alunos internos que seguiam a via sacerdotal, mas tinha também alunos externos. O ensino era de tal forma de qualidade que ali estudavam os filhos das famílias mais abastadas de Macau. Era também particularmente bem aceite pelas famílias macaenses. Já noutros posts contei a história do Seminário. Acrescento por agora uma curiosidade: durante muitos anos era prática habitual os alunos nos intervalos falarem entre si em latim… já que era uma língua muito utilizada no ensino.
Anúncios