>

As obras de HSF há muito que fazem parte da minha ‘bibiblioteca’ sobre Macau. Este exemplar tem várias particularidades. É uma edição de autor, de Outubro de 1978, está autografado por HSF em 1991 (tinha eu 20 anos) e dedicado à minha mãe que mais tarde me ofereceu. Considero a capa particularmente bem ‘conseguida’. No livro não existe referência à sua autoria.
 
Estes contos foram escritos entre as décadas de 1950 e 1970 e “quási todos viram a luz da publicidade, no diário ‘Notícias de Macau’ entre os anos de 1972 e 1975, sendo inéditos ‘Candy’ e ‘A desforra de um china rico'”… as palavras são de HSF na ‘Nota de Abertura’ a esta obra que inclui o conhecido ‘A Chan, a tancareira’ (Prémio Fialho de Almeida dos Jogos Florais da Queima das Fitas de 1950 da Universidade de Coimbra) editado num pequeno livro no Lobito um ano antes da independência de Angola.
Aqui fica a minha homenagem a HSF – falecido no passado dia 4-10-2010 – um homem que com os seus livros me guiou por “Macau di tempo antigo”…
Anúncios