>A obra representa um “legado importante”, constituído por artigos que o escritor foi publicando na Revista de Cultura, do Instituto Cultural. Os artigos foram compilados e serão apresentados sob uma “forma nova e com uma possibilidade de divulgação maior do que teve no passado”, revelou o Presidente do IIM.

O Instituto Internacional de Macau (IIM) tem um livro quase pronto que versa a feição cinéfila de Henrique de Senna Fernandes, com publicação prevista “até ao fim do ano”, revelou ontem Jorge Rangel.
Os textos versam a história do cinema em Macau, dado que Henrique de Senna Fernandes ”era também um estudioso do cinema e um homem que sentia um grande entusiasmo pelo cinema, que conhecia profundamente”, explicou Rangel. “O cinema teve uma importância muito grande em Macau. De acordo com as estatísticas das Nações Unidas, há cerca de 50 anos onde se ia mais ao cinema era em Macau. As salas de cinema estavam sempre cheias, havia um número invulgar de salas de cinema espalhadas pela cidade e ele coleccionava os programas, artigos de jornais e tudo o que havia sobre cinema”, continuou.
A obra poderia já ter sido publicada, mas a delonga será aproveitada pelo IIM para prestar uma homenagem ao escritor aquando do lançamento, em data a anunciar brevemente: “O livro atrasou-se um bocadinho, podia já ter saído e se calhar até foi bom não ter saído. No dia de lançamento do livro esperamos ter aqui muita gente da comunidade macaense para lhe prestarmos uma sentida e justíssima homenagem”, revelou Jorge Rangel.
Fotografia do JTM com HSF numa entevista em 2004
Reprodução de uma notícia da autoria de Paulo Barbosa publicada no Jornal Tribuna de Macau  (JTM) de 5-10-2010; neste dia o jornal dedicou grande parte das suas páginas a HSF.
Anúncios