>

Pinto Machado ocupou o cargo de governador de 15 de Junho de 1986 a 8 de Julho de 1987, tendo sido o primeiro governador não militar daquele antigo território português.
O antigo governador de Macau, médico, professor universitário e político, Joaquim Pinto Machado, morreu esta segunda-feira, no Hospital de São João, no Porto, onde encontrava internado há já algum tempo.
Pinto Machado teve uma preenchida trajectória académica e também exerceu o cargo de secretário de Estado do Ensino Superior, em 1984 e 1985, num governo do “Bloco Central” e chefiado por Mário Soares. Por escolha de Mário Soares, Pinto Machado manteve-se como governador de Macau de 15 de Junho de 1986 a 8 de Julho de 1987, tendo sido o primeiro governador não militar daquele antigo território português. (o 124º)
O Presidente da República, Cavaco Silva, enviou já uma mensagem de condolências à família de Pinto Machado frisando que este foi “um médico e professor universitário de renome, que desde o início da sua vida pública se destacou pela defesa dos valores da liberdade e da democracia e que deu um contributo decisivo para o prestígio de Portugal no mundo”.
Já a Faculdade de Medicina do Porto declarou três dias de luto pelo falecimento do antigo professor catedrático.
Pinto Machado em Março de 1987. Foto do JTM – Jornal de Macau
Anúncios