>

É já no dia 19 deste mês em Macau. As inscrições já estão a decorrer. O “Macau Antigo” deseja um feliz reencontro.
Alunos do Seminário em 1953. Imagem cedida por um antigo aluno, Rui Francisco

”Não vai faltar “aquele abraço” nem aquele aperto de mão. À mesa, devem surgir as notícias da vida adulta e as recordações da juventude. São estes alguns dos condimentos do encontro de antigos alunos do Seminário de São José, marcado para o próximo dia 19.

É um evento que já faz tradição. As inscrições para o encontro de antigos alunos do Seminário de São José estão abertas. Uma missa, uma visita às instalações da escola e um jantar são as actividades marcadas para 19 deste mês, dia do padroeiro da instituição, São José. De acordo com um dos organizadores, José Cabral, devem participar na iniciativa cerca de “50 a 60 antigos alunos”.
“Gostava que todos os alunos, internos ou externos, pudessem marcar presença e celebrar os velhos tempos”, confessa José Cabral. A reunião de caras conhecidas começa na Igreja do Seminário de São José, onde entoará uma missa, conduzida pelo Padre Albino Pais, às 16h. Segue-se, depois, uma visita às instalações da escola. O pano do dia cairá no restaurante “Beverly Plaza Fu Hou”, onde antigos alunos se encontrarão à mesa. O repasto acontece pelas 20h e contará com a presença do Bispo da Diocese de Macau, D. José Lai.
As inscrições para o conjunto de eventos estão abertas até à “última hora”, brinca José Cabral, apontando o dia 16 deste mês como a altura limite desejável. Após os incidentes do “1-2-3”, motim ocorrido em 1966, o Seminário de São José começou a encerrar gradualmente, devido à crescente falta de alunos. Em 2009, o Seminário de São José voltou a aceitar dois novos seminaristas, acontecimento inédito em 17 anos.”
Artigo da autoria de R.C. publicado no JTM de 2-3-2011